Assessment e Coaching, Opinião online

Êxito ao alcance de todos

Estava recentemente a conversar com um jovem estudante de licenciatura, na universidade onde dou algumas aulas, que chegou junto de mim e me perguntou: “Dr. Adelino, poderia trabalhar consigo para poder aprender mais como ter êxito na minha vida?”.
Fiquei surpreendido com a iniciativa do jovem e com a pergunta e, confesso, muito agradado por ver alguém com o tal brilho nos olhos, aquele brilho que falta a muitos adultos.
Respondi-lhe: “Que é para si ter êxito?”.
E estivemos algum tempo a conversar sobre o que para ele é êxito e sobre os resultados que ele já obteve, do quanto que já tinha feito para concretizar este sonho desejado por tantos em todo o mundo. Quando achamos que já tínhamos visto tudo, reparamos que ainda há tanto para aprender, e das formas mais subtis e inesperadas, e tive mais uma oportunidade de ver, num jovem, refletidas três das leis mais importantes para se ter êxito na vida:

  • Lei do Semear e Colher – este jovem tem repetidamente semeado boa disposição, tempo, trabalho, partilha, conhecimento, amizade e outras sementes, que têm permitido que ele ganhe isso multiplicado muitas vezes, abrindo-lhe portas e gerando cada dia mais oportunidades na sua carreira e na sua vida pessoal. Com tantos que apenas buscam receber, é fantástico ver que há quem aplique esta lei de forma correta;
  • Lei do Quilómetro Extra – este jovem sempre faz mais do que lhe pagam e mais do que lhe pedem e, de forma sistemática, entrega antes dos prazos, pedindo mais trabalho e querendo aprender cada vez mais. Olhando para o panorama de muitos profissionais vemos a raridade da aplicação desta lei que destaca os excecionais dos bons;
  • Lei da Similitude – realmente, o ditado popular que diz “diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és” é absolutamente real, pois as pessoas têm tendência para gostar de estar com pessoas com valores semelhantes a elas e a trabalhar em equipas e empresas com valores compatíveis. Ao conversar com este jovem deu para perceber o tipo de amigos e relacionamentos que ele tem e que comprovam que está no caminho certo.

Foi um momento importante e que me fez regressar a casa e pensar no quanto há a fazer nas vidas das pessoas e das empresas para se poder incutir nas pessoas os comportamentos e os sistemas que os ajudem a aplicar estas leis tão importantes. É impressionante o número de pessoas que não as aplicam ou aplicam apenas algumas delas e que, por mais que trabalhem, jamais alcançarão a felicidade que vem agarrada ao êxito.
Será que é possível criar programas de desenvolvimento das pessoas que as ajudem a implementar estas e outras leis, aumentando os seus níveis de êxito e felicidade? Claro que sim, pois isso é algo que alguns aplicam e que se conhece muito bem. Cada dia, mais líderes se convencem da pertinência de olhar para as atitudes e comportamentos das pessoas, de modo a criarem ambientes de felicidade nas suas empresas.
A felicidade não acontece por acaso nem por decreto. Tem de ser vivida e o exemplo tem de vir de cima, pois sem uma liderança visionária e comprometida com estas novas formas de viver não será fácil mudar mentalidades.
Em vez de esperarmos que alguém faça, acredito que está na hora de passar a fazer ou se fazer mais. Em vez de intenções bonitas e boas palavras, importa gerar boas ações que superem as expectativas das pessoas e implementar modelos que, incorporando diferentes visões do mundo e formas diferentes de comunicar, possam alinhar valores e princípios comuns nas empresas.
Nem sempre será fácil, mas é simples e possível colocar mais êxito ao alcance das pessoas.

Por: Adelino Cunha, vogal da direção da APG

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Aprender Magazine

Revista Pessoal

  • REVISTA PESSOAL – MAIO/JUNHO N.º 173

    A edição de maio/junho da revista Pessoal aponta o foco para o tema da atualidade: Privacidade, Proteção de Dados e Cibersegurança. Todos os dias surgem novas ameaças online cujo objetivo principal consiste no roubo ou usurpação de dados de empresas ou simplesmente afetar a sua atividade normal. Os criminosos informáticos são cada vez mais criativos…

Sondagem/Quiz RH

Liderança e Amor terão alguma coisa em comum?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Colecção Find Out

RHtv