Assessment e Coaching

PARTE II: A IMPORTÂNCIA DE SABER DIZER NÃO!

É normalíssimo que diante de uma situação em que temos de dizer “não”, fiquemos com receio e tentemos fugir daquele momento, e quando não conseguimos, sai o desgraçado do “sim” e, mais uma vez estamos a fazer o que não queríamos estar a fazer.
Invés de tentar fugir daquele momento ou de dizer “sim”, encare a situação e aprenda a melhor forma para dizer essa palavra tão simples de três letras: NÃO.
Existem muitas formas de dizer “não” sem se sentir culpado, perturbado ou de magoar os outros por ser desagradável. O segredo, está na maneira como diz o “não”.
Se não tiver a certeza que quer “não” a algum pedido, terá sempre a opção de pedir um tempo para pensar sobre o assunto antes de tomar uma decisão. Se alguém insistir com o pedido de ajuda mesmo quando já disse “não”, vai precisar de ser firme na sua decisão.
Se, se sente culpado, analise o motivo. Todos cometemos erros, mas só vale a pena olhar para o passado se eles servirem como aprendizagem. Olhar para trás para reviver as angústias e continuar a sentir-se culpado não vale a pena. Use essas experiências para compreender a culpa na sua vida e assim terá condições de não se deixar manipular na hora em que precisa de dizer não.
E qual foi aquele momento em que já conseguiu dizer, não? Analise que métodos usou. Pense no “como” e no “porquê” de o ter conseguido.
Caso deseje mesmo recusar, dê um esclarecimento breve. Não dê uma panóplia de justificações. Existem muitas formas de dizer não, mas a única que permite fazê-lo sem perder o amor próprio é ser direta. Muitas pessoas acabam por inventar mentiras para evitar fazer uma coisa que preferem não fazer, e isso não é saudável.
Não se desculpe. Se começar a recusa com uma frase do tipo ‘lamento muito, mas…’, vai estar a dar margem para que a outra pessoa possa tentar manipular a sua opinião, aproveitando-se do seu sentimento de culpa.

8 formas simples de dizer um “não” bem-dito e seguir feliz com sua vida:

1.Agora não posso. Mas vou pensar sobre o assunto e depois falamos 

Uma frase que pode ajudar a dizer um “não” de forma educada é esta. Se efetivamente não pode ajudar naquele momento ou acredita que o que lhe foi pedido está fora das suas prioridades, mas não tem muita certeza, use a frase acima, mas nunca prometa se souber de antemão que não vai cumprir.

2.Já tentou procurar como é que se faz?

As vezes os pedidos são tão simples que até sabe que a solução está num manual, email, memorando ou, simplesmente no Google. Então, ser agradável e falar com educação a frase acima, vai ajudar a pessoa, mesmo dizendo “não”.

3.Acredito que não seja a melhor pessoa para ajudar. Porque não fala com “X”?

Se tem certeza que não sabe muito bem fazer o que lhe foi pedido, diga isso e encaminhe a pessoa para quem a pode ajudar. Simples.

4.Dizer não com elegância não significa usar a palavra “Não”

Ou seja, usar o famoso “adoraria, mas…” quando achar que ser demasiado direta vai magoar a pessoa que lhe pediu algo.

5.Posso ajudar com isso amanhã (ou depois) às X horas?

Esta opção vai acabar por te ajudar a ser uma pessoa mais produtiva. As vezes a ajuda não é para aquele momento e se for possível dizer “sim” em outro momento, diga em outro momento. Mas agende… veja em que dia efetivamente pode ajudar a outra pessoa e marque na sua agenda. Em 80% das vezes quando vamos para ajudar, já pessoa conseguiu fazer sozinha, e acabamos por ficar com um tempinho livre! Marcar algo dessa forma valoriza o seu tempo e dá um julgamento de importância para a sua ajuda, assim a pessoas respeitará muito mais o seu tempo.

6.Não posso ajudar agora porque não estaria concentrada para fazer o meu melhor!

Quando alguém lhe pede algo, espera que faça o seu melhor, mas às vezes ou por não estar com tempo ou com paciência para fazer o seu melhor acaba por fazer de qualquer forma só para ajudar. Então, diga a verdade e não ajude.

 7.Eu adoro fazer isso, mas não posso!

Esta é uma forma educada de dizer “não”, se realmente gostar de fazer o que lhe foi pedido. Por exemplo: digamos que gosta de sair aos fim-de-semana e beber um copo com os amigos, mas se estiver a trabalhar num novo projeto e precisar de fazer alguma tarefa importante ou estar a estudar, não existem motivos para dizer “sim” a um pedido como este.

8.Não, Não posso!

A forma mais curta parece a mais difícil de todas, mas não é. Tente dizer “não” em frente ao espelho a sorrir, vai ver que não parece tão mau. Esqueça as conotações negativas da palavra “não” e diga que simplesmente não pode.

COMECE HOJE:

Sugiro que comece a treinar hoje a arte de dizer não. Quando surgir uma proposta ou um pedido (por mais simples que seja) que não se encaixem no seu propósito, utilize as lições acima para dizer não!
Isto vale para tudo: trabalho, amigos e família. É impressionante como estabelecer limites faz com que os outros respeitem muito mais o seu tempo.

Por : Andreia Barreira, life coach

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Aprender Magazine

Revista Pessoal

  • REVISTA PESSOAL – JULHO/ AGOSTO N.º 174

    Na economia digital e tecnológica da qual, obrigatoriamente, fazemos parte, e independentemente do tipo de funções e responsabilidades que desempenhamos, as chamadas soft skills – ou competências pessoais – constituem mecanismos fundamentais para melhorar o desempenho profissional em contexto de equipa e de mobilização para a ação, uma vez que falamos de competências que potenciam…

Sondagem/Quiz RH

Liderança e Amor terão alguma coisa em comum?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Colecção Find Out

RHtv