Escolas e Universidades, Formação & Desenvolvimento, Tecnologias de Informação

O mundo em modo 4.0

Indústria 4.0 e Formação 4.0! Este é o mote para uma fotografia da atualidade, mas também uma espreitadela no futuro que se encontra a um clique de distância.
Uma reflexão recorrente é a de que há gerações na história que têm oportunidade de experienciar mudanças disruptivas e quem nasceu na década de 70, como eu, sem telemóveis, quase sem aviões e sem o imprescindível ecrã tátil, habilita-se a viver numa dessas gerações.
Os nossos dedos estão a mudar. O famoso calo da caneta, que todas as crianças desenvolviam, está a perder-se e hoje temos mais destreza no indicador quando utilizamos um dos inúmeros ecrãs na nossa vida diária. Mas o próximo passo está a espreitar e amanhã será a nossa voz que ganhará destaque. Hoje já temos aplicações que reagem, atuam e evoluem com meros comandos vocais que emitimos em casa, no automóvel ou no trabalho, e que realizam diversas atividades a quilómetros de distância.
Assim sendo, a aprendizagem contínua é uma questão de sobrevivência profissional? Claro que sim. Mas mais do que isso, é uma necessidade básica. Somos seres curiosos, audazes e estas novas potencialidades, que hoje existem, abrem amplas janelas a que ninguém consegue ficar indiferente.
Quando no ISQ substituímos uma inspeção a um parque eólico, com trabalhos em altura e riscos humanos associados, por um voo de uma aeronave não tripulada, pré-programado com um algoritmo específico e conseguimos um resultado muito mais digital e intemporal, é impossível ficar indiferente. As organizações, hoje, interrogam-se sobre como evoluir nas suas realidades e, sobretudo, se as suas pessoas estão preparadas para esta mudança. Os grandes obstáculos são, na minha opinião, as infindáveis possibilidades de aplicação e o desconhecimento no processo de escolha e não o próprio investimento.
Matérias como o BIM – Building Information Modeling, a impressão 3D, a pilotagem de drones, a IoT – Internet of Things, a IA – Inteligência Artificial, as RA e RV – Realidade Aumentada e Virtual, onde hoje colocamos a nossa aposta em termos de formação, permitem, em separado ou quando combinadas, mudar radicalmente negócios e processos produtivos. Neste momento, as perguntas dos interessados em formação nestas áreas são frequentes, quer em termos de conteúdos, quer em termos de possibilidade de aplicação nas suas organizações. Estamos a construir um caminho de informação para a formação, mas numa base em constante mudança, pois até os modelos de negócio são dinâmicos.
Numa época em que temos empresas de transporte de pessoas sem veículos e operadores hoteleiros sem hotéis, como se pensa um negócio de impressão 3D? Uma plataforma digital de venda? Uma indústria de impressão com ou sem projeto? Com uma impressora em cada cliente? As possibilidades são inúmeras.
Hoje temos de ser seres incríveis e criativos! E, sobretudo, temos de ser capazes de ver o mundo com várias perspetivas: tecnologia, comunicação, estratégia, inovação e sempre sem impossíveis, pois o impossível de ontem, hoje é o quase possível.

1Por: Sara Varão Fernandes, responsável de serviço | ISQ Formação

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Aprender Magazine

Revista Pessoal

  • REVISTA PESSOAL – MAIO/JUNHO N.º 173

    A edição de maio/junho da revista Pessoal aponta o foco para o tema da atualidade: Privacidade, Proteção de Dados e Cibersegurança. Todos os dias surgem novas ameaças online cujo objetivo principal consiste no roubo ou usurpação de dados de empresas ou simplesmente afetar a sua atividade normal. Os criminosos informáticos são cada vez mais criativos…

Sondagem/Quiz RH

Liderança e Amor terão alguma coisa em comum?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Colecção Find Out

RHtv