Formação & Desenvolvimento

Dicas para criar um Currículo de Estudante

Criar um currículo de estudante é uma tarefa árdua, pois se já é difícil para alguém com experiência encontrar um emprego, que podem dizer os estudantes que terminaram, ou estão a terminar, a sua licenciatura? Muito recrutadores, inclusivamente, pedem um mínimo de anos de experiência em determinada área, algo que o estudante ainda não tem.

Claro que, devido à falta de experiência, encontrar trabalho torna-se muito mais difícil; mas não impossível! O importante é mudar o foco principal do currículo. Se alguém que tem muita experiência deve investir na quantidade de experiência, alguém sem experiência, mas com formação, deve investir nessa mesma formação.

Sabendo que esta é uma tarefa árdua, criámos uma lista com algumas dicas para o ajudar a elaborar o seu currículo de estudante. Seguindo-as, certamente, conseguirá alcançar o trabalho que deseja.

Dicas para criar um currículo de estudante

Siga as dicas que se encontram abaixo e veja resultados no envio das suas candidaturas. Temos a certeza que conseguirá alcançar o trabalho que deseja.

1. Demore o tempo que for necessário

O currículo de estudante, sendo diferente da maioria dos currículos, necessita de um planeamento prévio. Demore o tempo que for necessário, coloque as suas caraterísticas e formações mais importantes e que se relacionem à vaga em questão num papel. Caso tenha alguma experiência, mesmo que voluntária, adicione-a ao mesmo papel.

Este é o momento certo para juntar todas as caraterísticas que vão fazer do seu currículo único!

2.Seja objetivo

Entendemos que o seu currículo pode ser mais pequeno que o da maioria das pessoas, principalmente pelo facto de não ter experiência profissional, mas escrever mais apenas para aumentar o tamanho do mesmo não é solução! Um CV deve ser objetivo e dar a informação de forma prática e direta.

3. Acredite que tem algo a oferecer

“Os outros têm experiência e mais conhecimentos”, “eu acabei de sair da faculdade e ainda não sei nada”, “não me escolhem, de certeza, porque são uma empresa conhecida”, entre outros pensamentos. Já lhe aconteceu? Alguma vez estes pensamentos lhe passaram pela mente?

Se a resposta for positiva, talvez esse seja o grande problema. Você tem que convencer o recrutador que é a pessoa acertada para a vaga e, para tal, você tem que acreditar que realmente o é e saber o que vai oferecer ao negócio.

4. Envie o currículo para a pessoa certa

Muitas pessoas respondem a uma vaga de emprego através do e-mail oferecido. No entanto, esse é o local para onde vão todos os currículos e, a maioria, acaba por ser ignorada.

Porque você não vai mais longe? Procure o nome da pessoa responsável pelo setor em questão e direcione o e-mail à mesma. Dessa forma, estará um passo à frente da maioria das pessoas que se encontram na sua concorrência!

5. Use a informação que puder

Como tem pouca experiência, use toda a informação que puder, sempre de forma objetiva. Participou de algum seminário durante a licenciatura ou cursos? Ajudou com alguma atividade voluntária? Fez parte de algum grupo que seja relevante? Liderou algum grupo de qualquer tipo? Esta é a área que deve enfatizar pois irá mostrar competências importantes, mesmo com a falta de experiência.

Estas informações podem ser o diferencial que o seu currículo de estudante necessita.

6. Valorize o que o diferencia

Valorizar o que é igual irá colocá-lo no mesmo local que todos os outros currículos. Ao invés disso, valorize, em si, o que é diferente. O que o diferencia dos seus concorrentes? Qual a diferença que o torna o candidato indicado para a vaga? Essa diferença que existe em si pode ser útil para a empresa? Se sim, como?

Pense em si como um ser diferente e destaque todos os pontos que podem, realmente, ser relevantes para a vaga em questão.

7. Pesquise a empresa e a área da mesma

Faça uma pesquisa sobre a empresa para saber, exatamente, como falar com os recrutadores e quais as principais caraterísticas a serem transmitidas. Da mesma forma, faça uma pesquisa na área de atuação da empresa e veja quais as caraterísticas valorizadas na área.

Sabendo isso, e caso tenha as caraterísticas encontradas durante a pesquisa, destaque-as no seu currículo de estudante de forma eficiente.

Ser estudante ou estar a terminar a licenciatura ou curso dificulta a procura de emprego, pois a questão da experiência está com um défice. No entanto, não pode entender isso como algo limitante, mas sim como algo que o irá ajudar a focar em outros aspetos essenciais e que podem trazer benefícios ao negócio do recrutador. Dessa forma, certamente, conseguirá o trabalho que deseja.

Comece a fazer o seu CV hoje mesmo, usando estas dicas para o seu currículo de estudante, e alcance os resultados que deseja.

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Revista Pessoal

  • Revista Pessoal – setembro/outubro n.º 175

    O tema de capa da mais recente edição da revista Pessoal dá conta de uma trilogia de peso na gestão de pessoas: apps, gaming e data. As práticas de gestão de Recursos Humanos desenvolvem-se em contextos onde ferramentas como gamification, data analytics e people management apps podem ser usadas para reforçar e gerir as competências…

Aprender Magazine

  • APRENDER MAGAZINE – DIRETÓRIO DE EMPRESAS DE FORMAÇÃO / 2018

    LEIA AQUI O mercado de trabalho está a fervilhar com novas oportunidades, que não estão, ainda, a ser completamente exploradas. Com o crescimento económico que se tem vindo a constatar no panorama empresarial do nosso país, a procura de mão-de-obra qualificada tem aumentado significativamente. Em alguns setores – com maior destaque para as Tecnologias da…

Livros

RHtv