Formação & Desenvolvimento

RH só terá êxito com a transformação digital

Folha de pagamento, cálculo de horas extras, recrutamento, seleção e treinamento. Foi muito o tempo a área de recursos humanos das empresas dedicou a atividades operacionais e burocráticas. Isso fez com que se dedicassem a “administrivialidades”, deixando de lado o que é mais importante: a gestão estratégica das pessoas. A área de Recursos Humanos precisa inovar e de se adequar às mudanças que estão a acontecer. É preciso atuar de forma estratégica e alinhada com as diretrizes da organização, desenvolver ações com foco no bem-estar dos colaboradores, para motivá-los, reter talentos e manter o clima organizacional.

De acordo com o estudo da Deloitte Global Human Capital Trends que apontou as tendências para o futuro na área de gestão de pessoas, 73% dos entrevistados estão com a atenção voltada para o RH Digital. Se o foco antes estava em processos, agora, o objetivo é melhorar a produtividade, o engajamento e o trabalho em equipa. As inovações na tecnologia permitem essa atuação, pois além de ajudar a mensurar resultados das ações, oferecem acesso à informação em tempo real e criam mecanismos para dar poder às pessoas para que possam inovar.

Os desafios continuarão a surgir nos próximos anos, mas o certo é que cada vez mais se exigirá desses profissionais uma atuação focada em estratégias, flexibilização da jornada de trabalho e um RH cada vez mais analítico e assertivo.

A área de Gestão de Pessoas vai mudar ainda mais e uma das protagonistas dessa transformação será a computação em nuvem (Cloud Computing). Um estudo da HR Transformation Survey, publicado pela KPMG em 2016, mostrou que os gestores de RH entrevistados acreditam que a tecnologia cloud irá apoiá-los a modernizar a área nos próximos anos e automatizar atividades e processos transacionais. Ao mesmo tempo, fornecerá informações para a tomada de decisões mais inteligentes por meio de dados e análises, suportando, assim, as atividades de gestão de talentos, além de contribuir para a estratégia de negócio.

Outras tecnologias também estão a contribuir para a transformação do RH, como é o caso do Big Data, que vem a exercer um papel fundamental no avanço da área de Gestão de Pessoas. Essa tecnologia consegue reunir e cruzar um grande volume de dados oriundos de diversas fontes, fornecendo informações para melhorar a performance da tomada de decisões. Também contribui no processo de recrutamento de candidatos.

O conceito de IoT (Internet das Coisas) também assume importância nesse cenário, pois permite a comunicação entre máquinas e softwares de gestão. Ou seja, as informações sobre a jornada de trabalho, por exemplo, poderão ser acedidas a partir de qualquer lugar e atualizadas pelos gestores. As tecnologias Cloud, Big Data e IoT, juntas, proporcionam aos RHs uma capacidade analítica eficiente para trazer agilidade, economia de tempo, produtividade e colaboradores mais satisfeitos.

O RH está cada vez mais inserido na estratégia das empresas. Aquelas que conseguirem associar a estratégia da organização no comportamento de cada profissional terá obtido o êxito. Nesse contexto, as inovações na área de Gestão de Pessoas possuem um papel decisivo no sucesso da concretização dos objetivos.

 

 

 

Por: Lázaro Malta, CEO da Ahgora Sistemas

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Aprender Magazine

Revista Pessoal

  • REVISTA PESSOAL – JULHO/ AGOSTO N.º 174

    Na economia digital e tecnológica da qual, obrigatoriamente, fazemos parte, e independentemente do tipo de funções e responsabilidades que desempenhamos, as chamadas soft skills – ou competências pessoais – constituem mecanismos fundamentais para melhorar o desempenho profissional em contexto de equipa e de mobilização para a ação, uma vez que falamos de competências que potenciam…

Sondagem/Quiz RH

Liderança e Amor terão alguma coisa em comum?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Colecção Find Out

RHtv