4
Responsabilidade Social e Ambiental

GEPE – Grupos de Entreajuda contra o desemprego

O desemprego constitui e constituirá nos próximos anos, um dos principais problemas sociais em Portugal. Estado e sociedade civil têm de unir esforços para atalhar os efeitos nefastos deste flagelo, procurando soluções inovadoras, de baixo custo e complementares às ofertas sociais existentes.
É neste contexto que, no ano de 2012, surge o GEPE – Grupos de Entreajuda na Procura de Emprego, promovido pelo IPAV – Instituto Padre António Vieira, com o propósito de tentar ajudar a colmatar a situação do desemprego em Portugal.
São pessoas desempregadas que se reúnem uma vez por semana, de forma voluntária, numa instituição anfitriã que se disponibiliza para os receber, sob o olhar atento de dois animadores. Pretende-se com estes grupos trabalhar, sobretudo, três vertentes: 1) lado emocional; 2) ferramentas para a empregabilidade; 3) trabalho em rede.

1) Através da dinâmica de grupo, procura-se ultrapassar a desmotivação, o isolamento e a tendência depressiva a que o desemprego quase sempre conduz.

2) Partilha de informação relevante sobre o mercado de trabalho. Desenvolvimento e partilha de ferramentas para a empregabilidade que vão desde as mais básicas, como fazer um CV e estar numa entrevista, ao empreendedorismo, tendo sempre como base uma dinâmica de entreajuda e percebendo o mercado, definindo estratégias, objetivos e plano de ação.

3) O trabalho em rede, em partilha, não só dentro do próprio grupo, numa dinâmica de entreajuda entre os demais participantes, mas também com a rede estabelecida entre o IPAV e os seus parceiros, alargando desta forma os contactos e o apoio social, potenciando a probabilidade de encontrar emprego.

Com esta estratégia, o IPAV/GEPE pretende: concretizar o aumento do apoio aos desempregados; restabelecer o estado psicológico e anímico dos desempregados; melhorar as competências técnicas na procura de emprego; um maior envolvimento da comunidade e dos animadores voluntários na problemática do desemprego e na reintegração laboral dos desempregados.
Pretende-se sobretudo fomentar, localmente, a articulação em rede entre os diversos atores que trabalham a problemática do desemprego, nomeadamente com departamentos de Recursos Humanos das empresas ou com empresas de recrutamento.
Muito trabalho tem sido realizado ao longo destes anos com taxas de sucesso muito satisfatórias, mas muito há ainda para ser feito e vamos fazê-lo.

Mais informações em www.gepe.pt.

5Por: Mafalda Justino Alves, coordenadora sul do GEPE

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Caderno Especial

  • Captura de ecrã 2017-08-11, às 12 Caderno Especial – junho 2017

    No Caderno Especial de julho, para além das habituais notícias sobre o Ensino Superior, dedicamos um painel de debate à temática “Formação de Adultos e Mercado de Trabalho”, onde colocamos algumas questões a várias universidades sobre o que tem sido feito no âmbito da dicotomia “Oferta Formativa e Empregabilidade”. A não perder também o artigo…

Revista Pessoal

  • Capa Pessoal Revista Pessoal – julho/agosto nº 168

    Na edição de julho/agosto da revista Pessoal, três temáticas ocupam o cerne do debate. No dossier dedicado à temática Wellness, analisamos a evolução do trabalho, que passou de uma base predominantemente de força física para a ação mental, exercida à secretária, ao volante ou na consola de uma máquina, e de que forma essa alteração despoletou…

Sondagem/Quiz RH

Liderança e Amor terão alguma coisa em comum?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Colecção Find Out

RHtv