4
SST & Healthcare

A evitar: Alimentos que aumentam as insónias

Costuma ter insónias? Quantas vezes já deu por si a acordar constantemente durante a noite? Lembra-se do que comeu, ou bebeu, nesses dias? O problema poderá estar exatamente na sua dieta alimentar.
A insónia é a dificuldade em conciliar o sono ou permanecer adormecido, ou uma alteração no padrão do sono que, ao despertar, leva à perceção de que o mesmo foi insuficiente.
A longo prazo, pode ser um problema sério e muito limitativo. A privação de um sono adequado e reparador é um fator de risco para várias doenças metabólicas. O quotidiano e a qualidade de vida acabam por ser afetados consequentemente.
Alguns dos alimentos que estimulam o sistema nervoso central e que dificultam o sono:

1. Café
A cafeína é estimulante, eleva a pressão arterial e combate o sono. Deve evitar consumir café durante o dia ou, pelo menos, mais perto da hora de deitar, se quer dormir melhor.

2. Chá preto
Tem um efeito excitante, uma vez que a cafeína e outros alcaloides contidos neste chá podem alterar o sistema nervoso, alterando por sua vez o sono.

3. Álcool
O álcool não só diminui o tempo que um indivíduo demora a adormecer, como o sono profundo e reduz a fase REM (pequeno período que acontece após o primeiro ciclo de sono, NREM).
O etanol leva também a despertares frequentes, decréscimo da qualidade do sono e a fadiga durante o dia.

4. Pimenta
Ao ser um termogénico, estimula o sistema nervoso central, não sendo um bom aliado para quem tem problemas de sono.

5. Chocolate
Por ser rico em substâncias que abastecem a hormona adrenalina, irá deixá-lo mais desperto.
Além de conter cafeína, contém muito açúcar. O açúcar vai provocar um pico de índice glicémico no organismo, de curta duração, o que pode prejudicar o sono por não prolongar a saciedade e aumentar a agitação.

Estes alimentos devem ser evitados para que o cérebro consiga receber os impulsos elétricos necessários para a perfeita regulação do sistema sono-vigília e, assim, garantir uma boa noite de sono.

Referências Bibliográficas:
Sin CW, Ho JS, Chung JW. “Systematic review on the effectiveness of caffeine abstinence on the quality of sleep”. J Clin Nurs. 2009. Jan;18(1):13-21.
Associação Portuguesa do Sono.

Por: Catarina Louro, nutricionista Holmes Place Coimbra

Artigo publicado em holmesplace.pt

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Caderno Especial

  • Captura de ecrã 2017-08-11, às 12 Caderno Especial – junho 2017

    No Caderno Especial de julho, para além das habituais notícias sobre o Ensino Superior, dedicamos um painel de debate à temática “Formação de Adultos e Mercado de Trabalho”, onde colocamos algumas questões a várias universidades sobre o que tem sido feito no âmbito da dicotomia “Oferta Formativa e Empregabilidade”. A não perder também o artigo…

Revista Pessoal

  • Capa Pessoal Revista Pessoal – julho/agosto nº 168

    Na edição de julho/agosto da revista Pessoal, três temáticas ocupam o cerne do debate. No dossier dedicado à temática Wellness, analisamos a evolução do trabalho, que passou de uma base predominantemente de força física para a ação mental, exercida à secretária, ao volante ou na consola de uma máquina, e de que forma essa alteração despoletou…

Sondagem/Quiz RH

Liderança e Amor terão alguma coisa em comum?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Colecção Find Out

RHtv