Entrevistas, SST & Healthcare

Corporate Wellness: dotar os colaboradores de mais conhecimento sobre hábitos de vida saudáveis

O propósito da Nestlé é “melhorar a qualidade de vida e contribuir para um futuro mais saudável”, atuando sempre com base nos valores que tem no seu core, como o respeito por nós próprios, respeito pelos outros, respeito pela diversidade e respeito pelo futuro.
Em parceria com o Holmes Place, falámos com Maria do Rosário Vilhena, a diretora de Recursos Humanos da Nestlé Portugal, que destaca a importância da saúde e bem-estar dos colaboradores para o sucesso a longo prazo da empresa.

Entrevista publicada na revista Pessoal n.º 169 – setembro/outubro 2017

Pessoal (P): Enquanto diretora de Recursos Humanos, quais são as suas grandes prioridades?

Maria do Rosário Vilhena (MRV): A nossa prioridade é assegurar que os líderes e colaboradores estão equipados com as competências necessárias para lidar com um contexto volátil, atuando de uma forma ágil, proativa, inovadora, sabendo escutar o mercado, e antecipando tendências.
Assim, defini quatro grandes pilares de atuação para RH, em linha com as necessidades do negócio. Desde logo, a gestão do talento, numa ótica não só de atração, mas também de potenciar o nosso talento interno, promovendo o seu desenvolvimento através da mobilidade interna e de programas de inovação. Depois, o reforço das competências de Liderança a todos os níveis da organização, promovendo o empowerment e autonomia dos nossos colaboradores. Outra grande prioridade é o desenvolvimento organizacional, concretamente através do desenvolvimento de competências e formas de trabalho mais lean, com um “end-to-end mindset”, em que ultrapassamos as barreiras organizacionais nas formas de trabalho, e nos focamos nos resultados que procuramos alcançar, trabalhando em equipas multifuncionais. “Last but not least”, toda a área do bem-estar, em que continuamos a trabalhar para assegurarmos aos nossos colaboradores um “great place to work”.

P: Considera que um bom programa de Corporate Wellness pode ser decisivo para o sucesso da equipa? Como explica esta correlação?

MRV: Um bom programa de Corporate Wellness é fundamental para contribuir para a saúde e bem-estar, individual e coletivo, dos colaboradores. Este programa tem como missão promover a adoção de estilos de vida mais saudáveis, seja dentro ou fora do local de trabalho. Do ponto de vista individual, a própria definição de objetivos pessoais e de alteração de hábitos de vida já é, por si só, um processo que contribui para o desenvolvimento de competências, como a iniciativa, a autoconfiança e a motivação. Do ponto de vista coletivo, equipas mais felizes são mais produtivas, mais resilientes e contagiam de forma muito positiva a organização. Esta relação de sinergia entre a organização e colaboradores traduz-se num ambiente que estimula o engagement, a atração e retenção do talento e cria uma cultura de proximidade e de abertura, fundamental para o sucesso da empresa.

56

P: Em que consiste o programa de Corporate Wellness implementado na Nestlé?

MRV: O programa consiste num conjunto integrado de atividades com o objetivo da promoção de estilos de vida mais saudáveis, mas também focado na parte do bem-estar, numa perspetiva de equilíbrio e de felicidade. Para o sucesso deste programa, foi essencial ter objetivos bem definidos e desenvolver o mesmo de uma forma consistente e sustentável.
Com este programa, não só pretendemos dotar os colaboradores de mais conhecimento sobre hábitos de vida saudáveis, como também asseguramos que têm ao seu dispor ferramentas que lhes permitam conhecer o seu estado de saúde e de bem-estar. Desta forma, estão capacitados para identificar o que pretendem alterar no seu estilo de vida e como o podem fazer. No essencial, procuramos criar condições para que o colaborador veja os benefícios da mudança, e dar-lhe o necessário incentivo e apoio. Estas atividades estão centradas nas temáticas de gestão de stress e resiliência, alimentação saudável (por exemplo, aconselhamento nutricional), prática de exercício físico e ergonomia.
Em paralelo, trabalhamos outras dimensões do contexto de trabalho, com o objetivo de promover um ambiente de trabalho em que os colaboradores se sintam como uma “mais-valia” para a empresa, e em que estejam reunidas as condições para que possam contribuir e sentir que fazem a diferença. Temos as mais diversas iniciativas nesta matéria, como, por exemplo, o cantinho da amamentação, a Feira da Saúde e Bem-estar, e o Crianças@Nestlé, um programa de verão em que durante 15 dias recebemos os filhos dos nossos colaboradores. As nossas instalações da sede são também pet-friendly, nomeadamente no espaço da Purina, assegurando que os nossos colegas podem trazer os seus cães consigo para o trabalho.
O Holmes Place é um parceiro de relevo para a concretização deste Plano Corporate Wellness, nomeadamente na dinamização dos nossos Happy Days temáticos. Esta relação tem aportado muitos benefícios para os colaboradores, nas três dimensões em que trabalhamos neste programa: Aprender, Sentir e Escolher.

710

P: O que mais valoriza nesta parceria com o Holmes Place?

MRV: O profissionalismo e a diversidade de ofertas do Holmes Place são as principais mais-valias para o Plano Corporate Wellness na Nestlé. São um parceiro de confiança, que respondem de forma muito positiva aos nossos desafios. A forma como contribuem na identificação de novas soluções é muito enriquecedor e permite uma relação de sucesso e com muito potencial para o futuro.

P: Aconselharia outros CEO’s/diretores de RH a adotarem programas de Corporate Wellness nas suas empresas?

MRV: Sem dúvida. Por tudo o que comentei anteriormente, o bem-estar dos colaboradores é essencial para a sua produtividade e para que se sintam bem no ambiente de trabalho. Para além dos diversos estudos que analisaram o tema e o demonstram, temos a evidência na Nestlé, onde através da dinamização do nosso programa temos vindo, progressivamente, a contribuir para maiores níveis de engagement e satisfação.

98

Por: Ricardo Vieira, coordenador editorial

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Revista Pessoal

  • Revista Pessoal – janeiro/fevereiro n.º 177

    O mercado de trabalho, hoje em dia, é global, instável e acelerado, o que exige aos profissionais de todos os setores uma preocupação constante com o desenvolvimento das suas competências, numa lógica de aprendizagem ao longo da vida. No contexto de revolução digital que atravessamos, os Recursos Humanos e a sua formação assumem-se, também, como…

Aprender Magazine

  • APRENDER MAGAZINE – DIRETÓRIO DE EMPRESAS DE FORMAÇÃO / 2018

    LEIA AQUI O mercado de trabalho está a fervilhar com novas oportunidades, que não estão, ainda, a ser completamente exploradas. Com o crescimento económico que se tem vindo a constatar no panorama empresarial do nosso país, a procura de mão-de-obra qualificada tem aumentado significativamente. Em alguns setores – com maior destaque para as Tecnologias da…

Livros

RHtv