SST & Healthcare

COMO PREVENIR A OBESIDADE INFANTIL? TRÊS PASSOS SIMPLES

Crianças saudáveis num mundo de excessos: como prevenir a obesidade infantil de uma forma saudável e alegre.

Na Europa, uma grande percentagem de crianças apresenta excesso de peso, tornando-se mais importante do que nunca manter as nossas crianças saudáveis, felizes e ativas.
Mas como podemos fazê-lo de forma mais efetiva e apelativa para elas?

1. Esteja atenta desde o início

Acredite ou não, pode levar o seu filho a gostar de comidas saudáveis mesmo antes de dar à luz. Estudos revelam que a alimentação da mãe durante a gravidez terá influência sobre a comida que a criança gostará ou não no futuro.
Estará literalmente a moldar os hábitos alimentares do seu filho para o resto da vida. Por isso, tenha cuidado com a sua alimentação, dê primazia aos verdes e observe, com satisfação, o gosto que o seu filho terá por alimentos saudáveis.

2. Reeduque a forma como o seu filho vê a comida

Infelizmente, as crianças nem sempre olham para a comida que lhes apresentamos com um sorriso. Mas podemos mudar isso.

Ao tornar as refeições saudáveis interativas e divertidas, o seu filho ficará automaticamente mais interessado em comê-las, principalmente se também tiver contribuído para as cozinhar.

Convide o seu filho a participar na confeção da receita, permitindo que ele mexa, amasse ou simplesmente observe o que vai fazendo. O facto de participar na confeção da sua refeição dará à criança uma sensação de orgulho e pertença, que lhe dará mais vontade de querer provar algo que ele próprio fez.

Colocar um pouco de criatividade no prato também ajuda. Torne os pratos favoritos da família mais saudáveis, como por exemplo, macarrão com queijo e vegetais, mini pizzas com base de couve-flor, ou mini hamburgueres de perú: são refeições mais saudáveis e a família dificilmente sentirá a diferença.

Por fim, não use atalhos quando se trata de preparar refeições – especialmente o pequeno-almoço. Em vez de lhes dar cereais com alto teor de açúcar, prepare uma omelete ou panquecas de banana e aveia e terá uma refeição saudável e saborosa.

3. Mude a relação que o seu filho tem com as atividades desportivas 

Aumentar o compromisso do seu filho com o exercício físico é outra ótima solução para manter os problemas de saúde e de peso à distância.

Para pais com filhos que adoram desporto, essa é uma tarefa muito fácil – mas o que pode fazer se com o seu filho não é bem assim?

Geralmente, as crianças que não gostam de desporto sentem isso porque já tiveram uma experiência menos positiva ou não acreditam que sejam “boas o suficiente” para fazer a atividade. Existem algumas formas de alterar este sentimento.

Em primeiro lugar, certifique-se que, antes de inscrever o seu filho em algo, ele teve tempo de se familiarizar com a atividade desportiva e aprender o básico em casa, para que possa iniciar-se com mais confiança.

Se der o exemplo, conseguirá que o seu filho ganhe mais interesse pelo desporto. Leve-o a passear de bicicleta, no parque ou simplesmente jogue ao disco no jardim. Ele sentir-se-à inspirado e a própria atividade desportiva tornar-se-á mais “segura”, tornando-se num passatempo que ele associará a bons momentos em vez de ansiedade.

Basta um passo de cada vez, e terá um atleta em casa sem dar por isso!

Artigo publicado em holmesplace.pt

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Aprender Magazine

Revista Pessoal

  • REVISTA PESSOAL – JULHO/ AGOSTO N.º 174

    Na economia digital e tecnológica da qual, obrigatoriamente, fazemos parte, e independentemente do tipo de funções e responsabilidades que desempenhamos, as chamadas soft skills – ou competências pessoais – constituem mecanismos fundamentais para melhorar o desempenho profissional em contexto de equipa e de mobilização para a ação, uma vez que falamos de competências que potenciam…

Sondagem/Quiz RH

Liderança e Amor terão alguma coisa em comum?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Colecção Find Out

RHtv