Notícias

Mercadona dá início à contratação para as lojas de Portugal

A Mercadona iniciou o processo de contratação de operadores de supermercado para as lojas de Portugal, localizadas em Vila Nova de Gaia, Matosinhos e Gondomar, na zona do Grande Porto, e que abrirão portas em 2019.
José Elías Portalés, diretor de contratação de Recursos Humanos da empresa, destaca: “O colaborador é um ativo muito valioso. A Mercadona tem como objetivo dispor de uma equipa comprometida com a excelência e o serviço, altamente motivada e em linha com a visão da empresa para alcançar os objetivos do projeto comum. Sabemos que os colaboradores têm de estar motivados para que toda a empresa preste um bom serviço à nossa principal prioridade, o ‘chefe’, ou seja, o cliente. Por isso, aquilo que hoje é a Mercadona resulta das ideias e do esforço de todos: uma equipa repleta de talento”.
Para as quatro lojas que vai abrir em Portugal no próximo ano, a Mercadona procura operadores de supermercado para todas as secções: Frutaria, Peixaria, Talho, Charcutaria, Pastelaria e Padaria, Perfumaria, Caixas, Reposição, Limpeza, Serviço ao Domicílio e Manutenção. Os candidatos deverão ter a escolaridade mínima obrigatória, disponibilidade para trabalhar em horário semanal de 40 horas e uma forte orientação para o atendimento ao cliente.
As pessoas contratadas vão receber uma formação inicial em Espanha, onde aprenderão o Modelo de Qualidade Total (modelo de gestão aplicado pela Mercadona) e a desempenhar as funções próprias do respetivo posto de trabalho. Durante o período da formação, os colaboradores terão todos os gastos de alojamento e alimentação a cargo da empresa, assim como as deslocações.
Todos os interessados nas diferentes ofertas de emprego da Mercadona podem apresentar a sua candidatura através do site da empresa, acedendo à secção “Emprego” e submetendo o seu currículo.

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Aprender Magazine

Revista Pessoal

  • REVISTA PESSOAL – JULHO/ AGOSTO N.º 174

    Na economia digital e tecnológica da qual, obrigatoriamente, fazemos parte, e independentemente do tipo de funções e responsabilidades que desempenhamos, as chamadas soft skills – ou competências pessoais – constituem mecanismos fundamentais para melhorar o desempenho profissional em contexto de equipa e de mobilização para a ação, uma vez que falamos de competências que potenciam…

Sondagem/Quiz RH

Liderança e Amor terão alguma coisa em comum?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Colecção Find Out

RHtv