5
Opinião online

De volta às pessoas, à essência

O Ente e a Essência é o nome de um livro escrito por São Tomás de Aquino, conhecido por ser um congregador no sentido em que juntou a Filosofia e a Teologia. O seu pensamento, apesar de seguir padrões e dogmas cristãos, foi também de ordem filosófica. A razão no domínio filosófico permitia ao homem, no seu entender, distinguir-se dos restantes seres.
São Tomás era dominicano e foi canonizado pelo Papa João XXII. O seu pensamento assumiu foros de doutrina oficial da Igreja, embora com muitas reticências, por parte desta, numa fase inicial. A sua doutrina ficou conhecida como Tomismo. Como Cristão que era, a sua fé em Deus era total e absoluta.
São Tomás preocupou-se em descrever na obra referida o que seriam os entes, no sentido em que estes se poderiam dividir em dez géneros; partindo do particular, mais complexo, para o mais simples, podendo atingir o universal, ou seja, a essência. As essências seriam o denominador comum de todos os entes. Quando falamos de essência, falamos de elementos constitutivos dos entes numa perspetiva formal.
Os entes têm essências distintas e isso faz deles entes de espécies, igualmente, distintas.
Os entes são substâncias simples e substâncias compostas. A essência das substâncias simples é forma e a das substâncias compostas é forma e matéria.
São Tomás de Aquino, considera Deus a única substância simples, ato puro, não depende de nenhum ente que esteja acima de si para existir, existe por si. Deus, é por isso, existência. Os restantes entes, substâncias compostas, estão abaixo de si e dependem de alguém para existirem, nunca chegando, contudo a um estado de existência total. Logo a seguir a Deus, num nível de existência mais baixo, o tomismo posicionava os anjos, as substanciar angélicas, imateriais e inteligíveis, as ditas substâncias separadas, que era composta de essência simples e de existência.
O Homem é aquela figura de charneira com essências compostas e existência. No Homem a alma é imaterial e o corpo a matéria. O Homem é potência e quanto mais desligado da matéria mais ato será, sendo que ato puro nunca poderá ser, na perspetiva tomista.
Mas São Tomás de Aquino encontra ainda outro tipo de entes, materiais, feitos de substâncias compostas, esses são os animais que se distinguem do homem pela ausência de razão, seguidos dos vegetais e das pedras que são entes materiais.
Através da metafísica tomista podemos perceber que o Homem, apesar das limitações constantes da matéria, onde tem aprisionada a sua alma, é o único ente a quem é possível aumentar a sua quantidade de ato, desligando-se gradualmente da matéria, embora só o consiga fazer com a morte, o que é facto é que a sua vida pode representar um processo ascensional que o aproxima de um estádio mais elevado de perfeição, facto que não sucede com os restantes animais. Disse que o Homem é o único ente que pode aumentar a sua quantidade de ato em detrimento da potência, como é evidente referia-me ao único ente material, isto porque os anjos, no domínio do imaterial, das substâncias separadas também o podem fazer, tanto assim é que o anjo Gabriel é o terceiro da hierarquia dos anjos.
São Tomás de Aquino conseguiu criar uma ideia de um universo organizado, com um sentido ontológico, onde o Homem tem um papel importante a desempenhar, numa hierarquia ascensional. Ele precisa da razão, precisa dos outros para existir e pode acrescentar alguma coisa de material e imaterial à sua existência. Voltar às pessoas é sempre ter esta noção clara de que somos entes, temos uma essência e estamos sempre em movimento ascensional.

Por: Catarina Barosa, diretora de conteúdos da Tema Central

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Aprender Magazine

  • Captura de ecrã 2017-10-11, às 01.21.50 Aprender Magazine – Diretório de Empresas de Formação

    Considerando que o mundo profissional está, hoje em dia, em constante mudança, é fundamental que os recém-diplomados e profissionais de todos os setores desenvolvam continuamente as suas competências, numa lógica de aprendizagem ao longo da vida. Num mundo global fortemente concorrencial…

Revista Pessoal

  • Capa Pessoal Revista Pessoal – setembro/outubro nº 169

    Na edição mais recente da revista Pessoal damos destaque ao 50.º Encontro Nacional da APG – Associação Portuguesa de Gestão das Pessoas, que se realiza já no próximo dia 16 de novembro, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. “Back to People: A Rutura de Paradigmas na Gestão das Pessoas” é o tema central do evento que ganha especial…

Sondagem/Quiz RH

Liderança e Amor terão alguma coisa em comum?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Colecção Find Out

RHtv