Opinião online

A evolução do trabalho temporário

Contrariamente ao que acontecia no passado, em que o recurso ao trabalho temporário era conotado com algo massivo, fabril e indiferenciado, hoje em dia, este serviço é substancialmente diferente. Temos vindo a presenciar a evolução deste tipo de serviço para novas áreas, como o IT, o setor comercial e até mesmo o financeiro. Esta evolução gerou a necessidade de se tratar e trabalhar este serviço com uma abordagem completamente diferenciadora daquela que existia no passado. Se anteriormente o fator “preço” ou “rapidez de resposta” faziam toda a diferença e eram os fatores decisivos para os utilizadores deste serviço, hoje em dia procuramos ir mais além. Procuramos, acima de tudo, criar uma parceria em que conhecemos o core business de cada cliente, a sua cultura, o seu clima, a sua missão e a sua visão, como se fossem os “nossos”.

Se no passado os colaboradores recorriam ao trabalho temporário quase em situações limite, atualmente é uma opção efetiva e traduz-se em diversas vantagens para o colaborador. É possível, através da flexibilidade do trabalho temporário, que cada pessoa, mais facilmente, encontre um trabalho compatível com as suas habilitações, disponibilidade e necessidades pessoais e familiares. Hoje, procuramos conhecer aprofundadamente cada candidato, criando uma relação de confiança que nos permita conhecer não só o “saber-fazer”, mas acima de tudo o “saber-ser” de cada um. Procuramos explorar as aspirações de cada colaborador detalhadamente, pois só assim encontraremos o projeto certo, a organização adequada, para a sua situação atual, para as suas necessidades, para o seu talento efetivo. É trabalhando, diariamente, esta dimensão exploratória, acompanhando o percurso das “nossas” pessoas, que conseguimos que o recurso ao trabalho temporário aumente a possibilidade de adquirir novas competências, passando por várias funções e em várias organizações, melhorando e enriquecendo o curriculum vitae de cada colaborador e aumentando as possibilidades de crescimento profissional futuro.

Hoje em dia, podemos dizer que o trabalho temporário “abre portas”, facilita a entrada e a reentrada no mercado de trabalho, permite a aquisição de experiências em vários setores de atividade e nas mais diversas funções, e possibilita a futura integração direta nas organizações. Este enriquecimento curricular, este apreender de experiências e este desenvolvimento de competências, potencia, substancialmente, o progresso das organizações e permite que o colaborador possa gerir as suas prioridades de uma forma muito mais flexível e dinâmica, reiniciando e redirecionando o seu percurso profissional com total liberdade.

Num mercado competitivo, as empresas necessitam de adotar estruturas cada vez mais flexíveis e, ao mesmo tempo, eficazes e produtivas. O recurso ao trabalho temporário permite alcançar estes objetivos, aliviando o custo e a estrutura das organizações. O futuro do trabalho temporário passará, seguramente, por potenciar o desenvolvimento dos setores de atividade que mais irão crescer nos próximos anos. A possibilidade de transformar os custos fixos de uma organização em custos variáveis, potencia o seu desenvolvimento e aumenta, naturalmente, a sua produtividade. A flexibilidade que caracteriza este serviço permite, precisamente, que este seja o caminho. A adaptabilidade às oscilações do mercado faz com que o trabalho temporário seja um parceiro fundamental para qualquer organização e uma possibilidade de crescimento para qualquer colaborador.

Por: Tiago Esteves, consultor comercial sénior da Talenter

 

Artigos Relacionados

Opinião Online

Find more about Weather in Lisboa, PO

Aprender Magazine

Revista Pessoal

  • REVISTA PESSOAL – JULHO/ AGOSTO N.º 174

    Na economia digital e tecnológica da qual, obrigatoriamente, fazemos parte, e independentemente do tipo de funções e responsabilidades que desempenhamos, as chamadas soft skills – ou competências pessoais – constituem mecanismos fundamentais para melhorar o desempenho profissional em contexto de equipa e de mobilização para a ação, uma vez que falamos de competências que potenciam…

Sondagem/Quiz RH

Liderança e Amor terão alguma coisa em comum?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Colecção Find Out

RHtv